Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda
Início do conteúdo

Sine na Escola prepara os jovens para o mundo do trabalho pós-pandemia

Publicação:

Sine na Escola
Sine na Escola - Foto: Divulgação

Preparar os jovens para o mundo do trabalho pós-pandemia é um dos propósitos do Sine na Escola. O projeto da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS) leva informação a estudantes, a partir de 14 anos, de ensino médio e técnico de escolas das redes municipal, estadual e federal.

Conforme o coordenador do Departamento de Acompanhamento da Rede de Atendimento (Dara) da FGTAS, Ademilson Arruda, com a pandemia, surgiram novas tecnologias e práticas no mercado de trabalho, como, por exemplo, a exigência de carta de apresentação e a realização de entrevistas online. Dessa forma, afirma, o conteúdo abordado pelo projeto antes da pandemia foi adaptado à realidade pós-pandemia.

Em 2020, as atividades do Sine na Escola foram suspensas devido à Covid-19. O projeto foi retomado em 23 de setembro deste ano, em Santana do Livramento. Até o dia 6 de outubro, foram realizadas palestras nas escolas estaduais Pinto da Rocha, Vitélio Gazapina, Hector Acosta, Celina Vares Albornoz e Instituto Liberato Salzano Vieira da Cunha.

A próxima atividade ocorrerá no dia 21 de outubro, em Santo Antônio da Patrulha. Escolas interessadas em receber palestras do projeto poderão entrar em contato com o Dara, por meio do e-mail dara@fgtas.rs.gov.br, ou com os coordenadores das Agências FGTAS/Sine e de Desenvolvimento Social. A relação de telefones e e-mails das unidades está disponível no site: https://www.fgtas.rs.gov.br/agencias-fgtas-sine.

Ainda, o coordenador, Ademilson Arruda, adianta que o desenvolvimento e o oferecimento do projeto em formato híbrido estão em fase de testes. A ideia é que os jovens possam contar com atividades presenciais e online.

Disseminar conhecimento sobre o mundo do trabalho para quem está iniciando a vida profissional é a missão do Sine na Escola. O projeto objetiva divulgar informações sobre as formas de inserção no mercado de trabalho, com ênfase na importância da formalidade contratual e nas formas autônomas e empreendedoras de ocupação; orientar sobre a preparação de currículos e para entrevistas de emprego, bem como apresentar os programas e serviços oferecidos pela FGTAS, como intermediação de mão de obra, encaminhamento de seguro-desemprego, Carteira de Trabalho Digital, Vida Centro Humanístico e Programa Gaúcho do Artesanato (PGA).

A coordenação do projeto é de responsabilidade do Departamento de Acompanhamento da Rede de Atendimento (Dara) e a supervisão, do Departamento de Relações com o Mercado de Trabalho (DRMT) da FGTAS.

Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social