Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda
Início do conteúdo

Parceria firmada entre FGTAS e ONU Migrações é apresentada em reunião

Publicação:

Divulgação
Divulgação

O alinhamento de projetos e ações sociais para migrantes no RS foi o tema da reunião realizada na sede da Defensoria Pública do Estado, na manhã desta quarta-feira, 25 de janeiro.

Na ocasião, o diretor-presidente da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), Marcos Lima, e o coordenador do Escritório da Organização Internacional para as Migrações (OIM) no RS, Iurqui Pinheiro da Rocha, apresentaram, ao defensor público-geral do Estado, Antonio Flávio de Oliveira, a parceria estabelecida entre as instituições, que envolve a cooperação nas ações relacionadas à inserção laboral e à integração social de migrantes e refugiados e ao projeto Oportunidades, que promove a integração econômica de venezuelanos e migrantes de países vizinhos em situação de vulnerabilidade no Brasil.

A parceria firmada entre a FGTAS e a OIM viabiliza a realização de feirão de empregos, compartilhamento de dados e informações e capacitações para os servidores das Agências sobre documentação e integração de migrantes e refugiados. Ao todo, somente em 2022, 3.980 migrantes foram cadastrados nas Agências FGTAS/Sine no RS. Entre as unidades que se destacam no atendimento aos migrantes está Tapejara, que, no ano passado, encaminhou 329 migrantes para oportunidades de emprego. 

Já a presidente do Centro de Integração e Desenvolvimento Nossa Senhora das Graças (Ceidec), Edna dos Santos Rodrigues, e o assistente administrativo, Erivelto Wentz, explanaram sobre o trabalho realizado pela entidade, que oferece, aos migrantes, auxílio na emissão de documentação, cursos, orientação para o empreendedorismo e sobre a legislação, além de encaminhamentos para serviços de saúde, entre outros.

OIM
Estabelecida em 1951, a OIM, Agência da ONU para as Migrações, é o principal organismo intergovernamental no campo da migração. Contando com 174 estados-membros, 8 estados observadores e escritórios em mais de 100 países, a OIM dedica-se a promover uma migração segura, ordenada e digna.

Também acompanhou a reunião o subdefensor público-geral para Assuntos Administrativos, Marcelo Candiago.

Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social