Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Projeto da FGTAS fornece orientação financeira para idosos

Publicação:

O primeiro encontro foi realizado, na última quarta-feira, 5 de junho, no Cras Eixo Baltazar
O primeiro encontro foi realizado, na última quarta-feira, 5 de junho, no Cras Eixo Baltazar - Foto: Divulgação

A Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS) e a Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc) promovem palestras de Orientação financeira para pessoas idosas nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) de Porto Alegre.

As palestras objetivam ofertar à população idosa residente em Porto Alegre orientação sobre gestão das finanças pessoais, a fim de contribuir para dirimir os efeitos negativos do endividamento, através da abordagem de temas como modalidades de crédito disponíveis no mercado e como melhor geri-las, planejamento financeiro e atitudes simples para reduzir gastos domésticos.

O primeiro encontro foi realizado, na última quarta-feira, 5 de junho, com o consultor de negócios, Joelton Fernandes, no Cras Eixo Baltazar e reuniu 22 participantes. Na oportunidade, foram tratados temas relativos à economia doméstica e empréstimos.

Ao todo, está prevista a promoção de outros 11 encontros nos Cras da capital, que atendem idosos em situação de vulnerabilidade social. A iniciativa integra o projeto de Orientação financeira para pessoas idosas da FGTAS e as atividades estão previstas no Plano Decenal dos Direitos Humanos de Pessoas Idosas (PDDHPI).

A FGTAS integra a Comissão Intersetorial do PDDHPI e é representada no grupo pelas assistentes sociais, Irene Van Der Straeten e Marilene Schlottgen. O Plano tem como finalidade subsidiar a implementação de políticas púbicas que efetivamente garantam os direitos humanos de pessoas idosas no que se refere à melhoria da qualidade de vida dessa população para os próximos 10 anos.

Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social