Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Programa prioritário do Governo Estadual é apresentado em reunião da CTPE/RS

Publicação:

Divulgação
Divulgação

A Comissão Tripartite e Paritária de Emprego do Rio Grande do Sul (CTPE/RS) reuniu-se na manhã desta quarta-feira, 14 de agosto, na sede da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS). Na oportunidade, a secretária de Trabalho e Assistência Social, Regina Becker, apresentou o programa prioritário “Tô Ligado! Conectando Trajetórias”.

Divulgação
Divulgação

A secretária explicou que “o programa atuará diretamente com jovens nas escolas gaúchas e surgiu a partir do resultado obtido em uma pesquisa de opinião, que apontou o tema segurança pública como a principal preocupação da população (82%)”.

O Tô Ligado será executado, de 2019 a 2022, pela Secretaria Estadual de Trabalho e Assistência Social (STAS), com o objetivo de promover a proteção social de adolescentes e jovens da rede socioassistencial, com foco no risco de abandono e evasão escolar, prevenir as situações de violência, potencializar a inserção no mundo do trabalho e a qualificação profissional. Será desenvolvido de forma integrada com outros dois programas prioritários do Governo do RS: o RS Seguro e o Jovem RS Conectado no Futuro.

Serão beneficiadas 169 escolas, que contabilizam 116.232 alunos, e 52 bairros de Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Capão da Canoa, Caxias do Sul, Esteio, Gravataí, Guaíba, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Rio Grande, Santa Maria, São Leopoldo, Sapucaia do Sul, Tramandaí e Viamão. A escolha das cidades deve-se ao fato de representarem 45% da população gaúcha, em 2017, e registrarem 71% das mortes violentas, 88% dos roubos a pedestres e 88% dos roubos de veículos, de 2009 a 2018.

 A FGTAS insere-se no eixo social do RS Seguro, que envolve a promoção de políticas sociais, preventivas e transversais. A Fundação será responsável pela prestação de serviços, através do Sine Móvel, e pelo desenvolvimento de atividades de orientação sobre o primeiro emprego e o empreendedorismo, em escolas de 18 municípios gaúchos.

“A participação da FGTAS no programa é fundamental, porque possibilita chegar nesses territórios, captar vagas de estágio e aprendizagem e oferecer oportunidades de emprego. Será o primeiro contato desses jovens com o mundo do trabalho, através da realização de palestras, workshops e oficinas”, destacou a diretora de Projetos Estratégicos da Secretaria Estadual de Trabalho e Assistência Social (STAS), Denise Russo.

Também participaram da reunião os representantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Maria Helena de Oliveira, presidente da CTPE/RS; da Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Stas), Rogério Grade, diretor-presidente da FGTAS; da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do RS (SRTE-RS), David Jacob Almeida; da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), Alberto Marcos Nogueira; da Secretaria da Educação (Seduc), Alda Bisso; da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Marcelino Pogozelski; da Central Geral dos Trabalhadores do Brasil, Eder Pereira da Silva; da Federação da Agricultura do RS (Farsul), Ademir Monteiro; da Federação das Indústrias do RS (Fiergs), Fabio Cesar Muller Vieira; e da Federação do Comércio de Bens e de Serviços do RS (Fecomércio-RS), Márcia Duarte; além da convidada Marcia de La Torre, secretária-adjunta da Stas.

Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social